Visitas Únicas Hoje: 274
Total Visitas Únicas: 2082260
48 usuários online
Documento sem título
 
 
 

Entrevistas com os videntes







26. ENCONTROS MÍSTICOS
Clique na imagem para ampliar.




26. ENCONTROS MÍSTICOS

 

Yanko -     Quando o homem não sabe explicar um acontecimento, em geral fala do acaso. Foi isso que ocorreu em 24 de junho de 1981. Ivanka Ivankovic, que tinha 15 anos, viu por duas vezes, em Podbrdo, uma aparição luminosa. Era uma jovem trazendo nos braços uma criança. Sem hesitar, Ivanka disse: “É a Santa Virgem”. O acaso me parece eloquente e estranho. A morte imprevista da jovem mãe de Ivanka, ocorrida dois meses antes num hospital de Mostar, traz uma luz para este caso. Se Nossa Senhora havia decidido aparecer em Medjugorje, perto da casa de Ivanka, nada mais oportuno do que aparecer a esta órfã e, por meio dela, aos outros. No dia 25 de junho, desde que os videntes estabeleceram contato com Nos­sa Senhora, o “acaso” quis de novo se servir de Ivanka para restituir coragem a esta jovem enlutada. Ela foi a primeira a falar com Nossa Senhora para pedir notícias de sua mãe. Nin­guém havia dito a esta aparição que a mãe de Ivanka havia deixado este mundo e apesar disso ela respondeu sem hesita­ção: “Ela está comigo, vai bem”. Você ainda se lembra disso, Vicka?

Vicka - Sim, como se fosse agora.

Y. Você ouviu esta pergunta de Ivanka?

V. Lógico. Nós ouvimos Ivanka e Nossa Senhora.

Y. Ivanka perguntou sobre sua mãe outras vezes?

V. Sim, no dia seguinte.

Y. E o que ela perguntou?

V. Se sua mãe havia mandado alguma mensagem para ela.

Y. E Nossa Senhora?

V. Ela disse que sua mãe pedia que ela obedecesse à avó que já era idosa etc.

Y. Diga-me: Ivanka voltou a perguntar algo sobre sua mãe à Santa Virgem?

V. Sim. Tenho certeza: cerca de um mês depois.

Y. E o que ela perguntou?

V. Se sua mãe precisava de algo, por exemplo preces, Missas. Nossa Senhora respondeu: “Sua mãe vai bem e não precisa de nada”. Eu também disse a Ivanka que ela deveria ficar alegre, pois sua mãe estava feliz, mas ela suspirou dizendo: “Todo amor humano é egoísta e nós não podemos mudar isso”. Mas vol­tamos um pouco. Ivanka me disse que sua mãe apareceu três vezes a ela, mas isso foi muito rápido.

Y.  Você também a viu?

V. Sim, uma vez, como se fosse na televisão. Mas foi tudo muito rápido.

Y. Você chegou a reconhecê-la?

V. A visão não foi muito clara, mas eu a reconheci perfeitamente.

Y. Ivanka me disse: “Eu a vi tão claramente que poderia tê-la reconhecido entre milhares de outras mulheres”. Que dizem os outros videntes a esse respeito?

V. O mesmo que eu.

Y. Ivanka me disse várias vezes que sua mãe apareceu três vezes de modo muito rápido. E sempre apareceu com Nossa Senho­ra, nunca sozinha. Isso foi no início das aparições. Agora faz tempo que ela não a vê. Ivanka diz também que sua mãe apa­receu de corpo inteiro, vestida, me parece, com uma roupa branca e um véu na cabeça e abraçou a filha três vezes. Pri­meiro Nossa Senhora, depois a mãe. Eu lhe perguntei também, porque este mistério me fascina: “Você vê sua mãe de forma nítida?” E ela respondeu: “Como se estivesse viva”. No en­tanto nunca diz uma palavra. Ela lhe sorri docemente e olha de um jeito cheio de bem-aventurança. Para mim foi uma das belas manifestações de Nossa Senhora em Medjugorje. Uma coisa ainda. Escrevi algumas perguntas para Nossa Senhora e dei a Ivanka. Mas como neste período era impossível fazer per­guntas a ela, foi Maria quem se encarregou do assunto.

V. E o que você perguntou?

Y. Se aqueles que estão no céu e no purgatório podem rezar por nós. Isso me interessa.

V. E o que Nossa Senhora respondeu?

Y.  Que eles podem rezar por nós, não só os que estão no céu, mas também os que estão no purgatório. É esta “comunhão de santos” que nós evocamos no credo. A partir daí passei a dizer com mais alegria e convicção: “Eu creio na comunhão dos santos.”

V.  Isso ficou mais claro para mim também.






         VEJA MAIS:

 
© Copyright 2005-2014 - www.medjugorjebrasil.com - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Espacojames
 
Site Meter