Visitas Únicas Hoje: 257
Total Visitas Únicas: 2180458
77 usuários online
Documento sem título
 
 
 

Artigos







Novo Teste dos Videntes de Medjugorje enviado ao Vaticano quando o Famoso Local Marca 25 Anos
Clique na imagem para ampliar.



Análise enviada a Congregação da Doutrina da Fé no Vaticano

Novo Teste dos Videntes de Medjugorje enviado ao Vaticano quando o Famoso Local Marca 25 Anos

Em: 23 de Junho de 2006

Nos anos desde que as aparições começaram em 24 de junho de 1981, grandes falsos juízos tem surgido sobre o local da antiga Ioguslávia. As controvérsias continuam a girar quando se chaga a marca de um quarto de século. O que podemos dizer sem discussão é que, em termos de ambos; da cobertura da mídia que espalhou uma variedade de novos meios para o ocidente, e do caminho dos peregrinos, cujos números tem agora ido além de uma marca exata, nenhuma aparição atraiu a mesma atenção no estágio inicial.

Aliás, enquanto os peregrinos de países como Estados Unidos e Canadá tem diminuído – um declínio que começou durante a Guerra civil nos anos de 1990 – a igreja da paróquia, São Tiago, tem reportado distribuições recordes de hóstias em certos meses, e é quase impossível encontrar acomodações neste fim de semana, quando o 25º. Aniversário da primeira aparição é celebrado no sábado e a primeira vez que a Mãe Bendita falou sera marcado para domingo.

Entre aqueles que, segundo se fala, fez uma jornada para lá: o antigo embaixador dos Estado Unidos no Vaticano e prefeito de Boston, Ray Flynn.

Muitos anos, a frequencia à Medjugorje alcança àquela de locais igualmente famosos e mais velhos tais como Fatima. Dezenas de milhoes de peregrinos comums, literalmente milhares de sacerdotes, e centenas de bispos e cardeais tem visitado o local, que consiste principalmente da igreja, da Colina das aparições, a Montanha da Cruz (ou monte Krizevac), e das casas dos videntes.

Falsos juízos tem enfocado no status official de Medjugorje – com alguma crença que ele tem sido rejeitado ou mesmo condenado pela Igreja.

De fato, o bispo local de Mostar, Monsenhor Pavao Zanic, tentou emitir uma declaração contra as aparições em 1987, mas sentindo que o edito foi maior que uma única diocese, o Vaticano, sob o olhar do Papa Joao Paulo II – que por dúzias de relatos acreditava nas aparições (e lia a mensagem mensal, mencionando mesmo sua devoção à Medjugorje em notas escrita à mão para amigos poloneses) – retirou da diocese local sua autoridade sobre as aparições e colocou a matéria nas mãos de um comitê nacional de bispos, liderado pelo cardeal de Sarajevo, onde a questão permanece até hoje.

Que Medjugorje não foi nem aceito nem rejeitado pela Igreja oficialmente pode ser prontamente verificado por contactar qualquer oficial diocesano, ou por escrever ao Vaticano mesmo (pela sua Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé).

O novo prefeito da Congregação, cardeal Wiliam Levada, era conhecido por ser aberto à Medjugorje quando ele era bispo de San Francisco (N.T.: EUA), onde ele examinou de perto mas permitiu palestra por aqueles que discutiam as aparições em paróquias católicas, seminários e conferencias.

O maior oficial do Vaticano a emitir uma carta formal sobre Medjugorje foi o cardeal Tarcisio Bertone, que foi elevado à Secretario de Estado – a posição de número dois do Vaticano – na quinta-feira.

Em 23 de marco de 1996, como secretário da Sagrada Congregação – que naquele tempo era encabeçada pelo Papa Bento (como cardeal Ratzinger), o cardeal Bertone escreveu a um bispo perguntando sobre o status de Medjugorje dizendo que "os bispos da antiga Ioguslávia" tiveram longe de nao encontrar prova do sobrenatural e assim "os bispos deveriam emitir diretivas litúrgico-pastorais separadas apropriadamente. Similarmente, por meio da sua Comissão, eles deveriam seguir além e investigar o evento total de Medjugorje".

O comitê indicou que não fará uma determinação final sobre Medjugorje até que as aparições estajam terminadas.

É conhecido como o Papa Bento XVI mesmo se sente. Ele tem indicado reações positivas e negativas em vários pontos durante as últimas duas décadas. Rumores se espalharam que como prefeito ele visitou uma vez Medjugorje incógnito, um rumor que foi desfeito pelo bispo de Mostar. De tempos em tempos, todavia, outros oficiais do Vaticano tem ido quitamente à aldeia.

Cardeal Bertone indicou que enquanto peregrinações oficiais organizadas por paróquias não são permitidas, peregrinações privadas de ambos padres e fiéis são – uma posição que continua agora, a despeito dos falsos juízos.

Na última semana, o Vaticano repetiu esta visão ao serviço de notícias Catholic News, que é propriedade da Conferencia dos Bispos Católicos dos EUA.

"Vocês não podem dizer ao povo para não ir lá, até que se tenha provado falso. Isto não foi dito, assim, qualquer um pode ir se quiser", o porta-voz do Vaticano, Joaquin Navarro-Valls, disse esta declaração ao servico de notícia.

A outra questão criando ceticismo tem sido como as aparições continuam por tão longo tempo.

E de fato, neste aspecto, de alguma forma, é sem precedente – talvez um sinal de tempos especiais – enquanto de outra forma, espelha o misticismo histórico.

Muitos são os santos que tiveram milhares de visões – diariamente – e em Fátima, há indicações que a Mãe Bendita apareceu à Irma Lucia dos Santos muitas vezes depois das aparições formais em 1917 e de fato até à morte da vidente em, quase um século depois que as visoes começaram.

Mas a frequência das aparições de Medjugorje de um modo mais formalizado é realmente incomum, e questoes sobre os videntes tem-se focado no fato que, como virtualmente todos os outros na aldeia, eles operam they operate alojamentos de peregrinos, e um deles mesmo dirije as peregrinações lá.

É este aspect que preocupou, segundo se fala, o Papa Bento. O que pode ser dito é que Medjugorje, mesmo antes de ser aceito – ou rejeitado – já tomou lugar entre as aparições mais observadas nos últimos 2.000 anos, junto com Saragosa na Espanha, Le Puy na Franca, Guadalupe no Mexico, Lourdes na Franca, e Fátima em Portugal. Ambos, Mikhail Gorbachev e Ronald Reagan, foram pessoalmente informados sobre os eventos e sumários das mensagens foram-lhes enviados.

Exames científicos recentes dos videntes, incluindo varredura de ondas celebrais durante as aparições, foram enviados ao Vaticano, de acordo com Henrija Joyeuxa, um professor da Universidade Médica em Montpellier, Franca, que primeiro os estudou vinte anos atrás. O teste foi conduzido no ano passado.

"Registramos um grande número de 'aparições' ", disse o cientista a um jornal croata. "Analisamo-nos cuidadosamente e estávamos procurando por quaisquer sinais de fraude enquanto registrndo aqueles fenômenos centenas de vezes. Nossa equipe fez todos os testes psicológicos rigorosos e estamos completamente de acordo que todos eles são saudáveis fisicamente, mentalmente, individualmente e socialmente. Poderíamos mesmo dizer mais saudáveis que a taxa de saúde media na França".

Reportou o jornal: "A conclusão é portanto clara: o que está acontecendo em Medjugorje é sério e deveria ser tomado seriamente. Aqueles são os resultados oficiais do experimento médico começado em 25 de junho de 2005 em Medjugorje em Marija Pavlovic-Lunetti e Ivan Dragicevic. Aqueles resultados já confirmaram que o que está acontecendo com os videntes no momento da aparição da Virgem Maria é real". Os cientistas mesmo disseram que eles não viram sinais de manipulação e ficaram profundamente impressionados pelo efeito que Medjugorje tinha nos peregrinos.

Mas não meio de provar o que eles estão vendo. "Novamente, é provado que as aparições não são nem um sonho, alucinação ou histeria", disseram os cientistas. "Noah á sinais de ilusão e portanto seus cérebros são completamente funcionais, embora, não possa ser ditto quem eles estão vendo ou com quem eles estão-se comunicando durante a aparição".

O que pode ser dito, concluiu a equipe, é que algo realmente incomum está em progresso e incrivelmente tem estado em progresso por um quarto de século agora, com milhões de peregrinos relatando mudanças permanentes em suas vidas e nenhum dos seis videntes divergindo em suas histórias.

Traduzido por José Aguiar

Fonte: http://www.spiritdaily.net/medj25.htm






         VEJA MAIS:

 
© Copyright 2005-2014 - www.medjugorjebrasil.com - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Espacojames
 
Site Meter